Aprendiz Cooperativo

/ /

DE OLHO NO FUTURO

A juventude brasileira tem espaço garantido no cooperativismo. Hoje, centenas de cooperativas oferecem vagas de aprendiz, abrindo as portas do mercado de trabalho para estudantes entre 14 e 24 anos.  É nelas que eles aprendem um pouco sobre a própria profissão e também sobre a cultura cooperativista.

Para garantir que realmente aproveitem essa experiência, o Sescoop criou o Programa Aprendiz Cooperativo, que estabelece parâmetros para a contratação, supervisão do trabalho e formação desses estudantes.

O programa prevê a participação dos jovens em treinamentos e dinâmicas em grupo. Nelas, são chamados a refletir sobre a importância de vivenciar, dentro e fora do ambiente de trabalho, alguns valores cooperativistas, como a igualdade de tratamento, a solidariedade, a honestidade e a transparência.

Em 2015, mais de 6,3 mil estudantes participaram do Programa Aprendiz Cooperativo.

Lei da Aprendizagem

Desde o ano 2000, toda empresa brasileira com pelo menos sete empregados é obrigada, por lei, a contratar jovens aprendizes. As vagas devem corresponder a um percentual que varia de 5% a 15% do número total de profissionais da empresa. 

Por também serem empresas, as cooperativas precisam se adequar à chamada Lei da Aprendizagem (Lei nº 10.097/200), abrindo postos de trabalho para jovens entre 14 e 24 anos. E uma boa maneira de fazer isso é aderindo ao programa Aprendiz Cooperativo.  

As cooperativas interessadas em saber mais sobre o programa e formas de adesão podem entrar em contato com o Sistema OCB/TO através do telefone 63 3215-3291 ou através do e-mail capacitacao@ocbto.coop.br